Viagem
Conhecendo o Chile de norte a sul
Fotografia
6 on 6: abril de 2017
Fotografia
6 on 6: agosto de 2017
Dicas
Siga a Minka Winka nas redes sociais
Ilustração
Usando bico de pena pela primeira vez
Continue Lendo

Olá, pessoal. Como vocês estão?

Como falei aqui no blog, eu estava com muita vontade de voltar a desenhar usando métodos tradicionais. E foi por causa disso que comprei materiais novos, inclusive um bico de pena. Nunca tinha experimentado essa ferramenta antes e, como pensei que alguns de vocês também não tiveram a chance de usá-la, decidi registrar o passo a passo do processo.

Eu fiz o esboço no papel Aquarelle, da Canson. É um papel de gramatura 300g/m², bom para sketchs, mas não recomendo para pintura em aquarela: o papel encharca demais e fica enrugado quando seca. Por outro lado, achei o papel fácil de apagar, apesar da alta rugosidade da superfície.

Depois de pronto o esboço, comecei o contorno usando o nanquim Boku-Eki, da Daiso, o bico de pena da Zebra e a haste da Tachikawa. Num primeiro momento, estranhei a leveza do bico de pena e o fato de a mão parecer sem apoio, mas, depois de um tempo, percebi que essa leveza permitia que eu movimentasse o bico com mais liberdade.

Conforme se aperta o bico de pena no papel, as suas duas pontas se abrem liberando mais tinta, o que faz com que o traço fique mais espesso. Essa é a característica mais marcante do bico de pena, e eu particularmente adoro, porque dá mais movimento e estilo ao desenho. Além do mais, essa característica lembra muito mangá, não é?

Vocês devem ter reparado que o desenho está com vários borrões, né? É porque, por falta de costume, acabei passando a mão em cima do nanquim fresco. Com a prática, percebi que o ideal é rodar o desenho enquanto se está passando o nanquim para evitar as manchas.

Finalizado o contorno, decidi pintar o desenho com aquarela, mas acabei esperando pouco tempo. Eu tinha que ter esperado o nanquim secar bem (talvez de um dia para o outro), porque a água da aquarela amoleceu o nanquim e ele acabou escorrendo e se misturando com a tinta. Foi o que aconteceu com o cabelo, mas consegui reverter a situação deixando ele mais escuro para disfarçar os borrões.

Para a pintura com aquarela, o segredo é pintar de camada em camada, sempre esperando a anterior secar bem. É um processo demorado, mas o resultado compensa demais. Esse papel, em especial, não é muito bom para esse tipo de pintura, porque ele encharca rápido e enruga também (uma gramatura mais alta não resolveria o problema). O ideal é usar aquarela em papéis com uma alta porcentagem de algodão.

Esse é o resultado final depois de várias e várias camadas de aquarela. Ele borrou em alguns lugares, mas, apesar disso, gostei demais de como ficou no final. Caso queiram ver mais etapas do processo, eu compartilhei alguns videozinhos no meu Instagram (@nay_gemadeovo) mostrando detalhes do contorno e da pintura. Se tiver ficado alguma dúvida, deixe um comentário abaixo, que eu responderei com muito prazer.

Espero que tenham gostado da ilustração e até a próxima!

Gostou? compartilhe
postado por
Nayara
Futura escritora e a mais velha das gêmeas. Gosto de desenvolver projetos e compartilhar o processo criativo nesse cantinho que tanto amo. Afinal, melhor do que criar é mostrar que é possível fazer as coisas você mesmo.
Continue Lendo

Olá, pessoal! Como vocês estão?

Vocês acreditam que o último Coisas Aleatórias foi escrito em janeiro? Esse longo intervalo se deu, porque estivemos estudando desde fevereiro e tivemos pouco tempo para manter as coisas atualizadas aqui no blog. Agora que tiramos férias dos estudos, podemos contar para vocês os últimos acontecimentos.

 Materiais artísticos

Vocês se lembram dos materiais artísticos que comprei? Eles chegaram após 12 dias de uma longa viagem dos Estados Unidos para Brasília. Já testei cada um deles e gostei bastante do desempenho. Achei a caneta nanquim da Deleter realmente bem escura, e a Pilot 0.25 bem gostosinha de usar, além de ser fina e ideal para detalhes. No entanto, acredito que teria sido melhor se eu tivesse comprado uma caneta-tinteiro mais fina, porque a 0.3 é grossa demais em relação à folha A4, que é a que eu geralmente uso para ilustrar. Em relação aos bicos de pena, ainda não tenho muito o que dizer sobre eles, porque fiz somente alguns riscos para saber se estavam funcionando, mas acredito que logo logo terei muito o que contar para vocês.

Enquanto esperava a encomenda chegar, fiz alguns rascunhos num bloco de papel Aquarelle, da Canson. A intenção era testar a gramatura desse bloco e saber se é adequada para arte-final com os materiais novos. Ainda não tive tempo de usar os materiais nele, mas já deixo para vocês uma amostra das ilustrações que estão por vir. Quem acompanha o meu Instagram (@nay_gemadeovo) já deve ter visto um videozinho do processo de ilustração da menina da foto acima.

Viagem para o Chile

O principal motivo por não ter conseguido testar os materiais novos é porque eu e a Mariana vamos viajar neste fim de ano! A ideia veio da nossa irmã mais velha, que escolheu o destino, programou os passeios e organizou todo o itinerário. A princípio, toda viagem seria uma surpresa, tanto o dia, quanto o destino, e eu e a Mariana só descobriríamos tudo quando chegássemos ao aeroporto. É lógico que não deu certo! A Mariana acabou descobrindo, porque ela viu um post que nossa irmã compartilhou no Facebook sobre os melhores passeios para se fazer no Chile.

Adoramos a escolha do lugar e estamos entusiasmadíssimas para embarcar logo. Quero muito conhecer as vinícolas chilenas, o deserto do Atacama, o prédio mais alto da América Latina, que é o Shopping Costanera, em Santigo. Lá, eu quero visitar a Todomoda, que é uma das minhas lojas favoritas, e apreciar seus produtos maravilhosos! Deem uma olhada no site e me digam se não são os produtinhos mais lindos do mundo!

Intervenção Artística

Fiz essa intervenção artística na época em que estávamos trocando de layout. Queríamos usar essa imagem como foto das autoras e fazer o layout totalmente baseado nela, mas acabou que a nova identidade visual do blog tomou outro rumo e já não fazia mais sentido usá-la. No entanto, para não ficar com esse trabalho empoeirando no computador, decidi postar para vocês.

Eu achei a ideia bem divertida. O que vocês acharam?

E esse foi mais um Coisas Aleatórias. Como eu e a Mariana embarcamos hoje para a nossa viagem, já quero desejar a todos um Feliz Natal e um 2018 maravilhoso.

Espero que tenham gostado do post de hoje e até janeiro!

Gostou? compartilhe
postado por
Nayara
Futura escritora e a mais velha das gêmeas. Gosto de desenvolver projetos e compartilhar o processo criativo nesse cantinho que tanto amo. Afinal, melhor do que criar é mostrar que é possível fazer as coisas você mesmo.
Continue Lendo
Olá, pessoal. Como vocês estão? Há alguns dias, a Pantone anunciou a cor para o ano de 2018: a Ultra Violet. Em substituição ao Greenery, o tom comunica inovação, pensamento visionário e promete iluminar o próximo ano ao instigar questionamentos e fomentar a imaginação acerca do universo. Segundo a Pantone, a Ultra Violet sugere os mistérios da noite e do cosmo, bem como o misticismo e a...
Continue Lendo
Olá, pessoal. Como vocês estão? Faz bastante tempo que não posto na sessão Decoração, não é? Que bom que minha rotina de estudos finalmente acabou e agora posso contar para vocês as coisas legais que fizemos. Durante esses meses de preparação para concurso, acumulamos muito material didático — pilhas e mais pilhas de provas, impressões, exercícios e livros espalhados pelo estúdio. Assim que entramos de férias, eu e...
Continue Lendo
Oi, pessoal. Como vocês estão? Depois de tanto tempo só fazendo ilustrações digitais, me bateu uma tremenda vontade de voltar para o tradicional — usar lápis, papel, borracha, aquarela e lápis de cor. No entanto, fui testar meus materiais antigos e descobri que muitos deles estavam estragados: as canetas nanquim estavam ressecadas e já não estavam funcionando mais. Por causa disso, resolvi repor minhas canetas e comprar...
Continue Lendo
Olá, pessoal. Como vocês estão? Depois de dar uma olhada no meu computador antigo, descobri que tenho vários desenhos prontos que nunca foram publicados. Decidi que vou postá-los de pouquinho em pouquinho aqui no blog, por que, afinal, ninguém merece ficar com tanto conteúdo escondido num HD, não é? Não me lembro exatamente de quando as ilustrações abaixo são, mas sei que foram desenvolvidas para estampar um...
Continue Lendo
Olá, pessoal! Como vocês estão? Faz bastante tempo que eu e a Mariana não atualizamos o blog, não é? Mas agora as coisas vão mudar, porque finalmente conseguimos uma folga para movimentar as coisas por aqui! A verdade é que nós duas estivemos estudando para um concurso público desde de fevereiro deste ano e, por causa disso, não conseguimos atualizar o blog como queríamos. Mas, enquanto estávamos...
Continue Lendo
Olá, pessoal, como vocês estão? É muito natural estudantes do ensino médio se perguntarem sobre a importância de fazer ou não faculdade. Ao final do 3º ano, muitos têm dúvidas sobre o próximo passo: não sabem se prolongam a vida acadêmica fazendo um curso superior ou se partem logo para o mercado de trabalho. Eu presenciei questionamentos como esses várias vezes na época escolar e, sempre que...
Continue Lendo
Oi, pessoal, como vocês estão? Nós que trabalhamos com blog sabemos das dificuldades de se preparar um post com rapidez. Além de pesquisar e escrever o artigo  — o que já toma bastante tempo —, temos de nos preocupar com as fotografias e com as peças gráficas que irão compor o post. Claro que há meios mais rápidos de se fazer isso, com fotos de bancos de...
Continue Lendo
Olá, pessoal, como vocês estão? Não é novidade que eu e a Mariana adoramos nos divertir com jogos de tabuleiro, jogos de cartas, jogos virtuais e, o nosso favorito, jogos de escape! O nome pode não ser tão comum assim para alguns, mas esse tipo de jogo está se tornando cada vez mais popular no Brasil, não só por ser extremamente desafiador, mas por colocar os jogadores...