Viagem
Conhecendo o Chile de norte a sul
Fotografia
6 on 6: abril de 2017
Fotografia
6 on 6: agosto de 2017
Dicas
Siga a Minka Winka nas redes sociais
Ilustração
Usando bico de pena pela primeira vez
Continue Lendo

Jardim Secreto

Olá, pessoal!

Acho que todo mundo já deve ter ouvido falar ou ainda vai conhecer a nova tendência no mundo editorial – os livros para colorir para adultos. Desde que a editora Sextante trouxe o livro interativo Jardim Encantado e agora o Floresta Encantada, da ilustradora Johanna Basford, não se fala em outra coisa no meios de comunicação – todo mundo quer o novo livro sensação que promete aliviar o estresse. A repercussão é tamanha que vemos algumas manifestações consequentes do sucesso do livro: grupos no Facebook para compartilhar técnicas de pintura especificamente para livros interativos, blogs dedicados ao assunto, milhares de fotos no Instagram e até grupos em What’sApp. E se você se interessar em obter um exemplar, que já vendeu mais de 100 mil cópias no Brasil, é provável que o livro esteja esgotado nas livrarias mais próximas (experiência própria).

Mas por que esse interesse todo em livros para colorir?

São vários fatores, mas eu posso listar quatro principais: nostalgia, colaboração, relaxamento e concentração. Nostalgia porque nos lembramos da infância, de quando pintávamos livros para colorir (ou simples desenhos) nos primeiros anos escolares sem muitas preocupações. Colaboração porque nos livros interativos, diferentemente dos livros literários comuns, o leitor participa da produção do conteúdo. É um processo colaborativo no qual o leitor participa por meio da pintura, dando vida às imagens em preto e branco mediante escolhas de cores, combinações e materiais, personalizando o livro e aumentando o afeto com o produto. Relaxamento porque as ilustrações espelhadas, simétricas, gradativas e ritmadas aumentam a sensação de bem-estar, além do próprio ritual de colorir. E concentração porque precisamos dela para pintar os pequenos espaços que as imagens são compostas.

Se você se interessou e quer fazer parte dessa tendência, nós listamos alguns dos títulos mais vendidos no Brasil.

Livros para colorir

1// Jardim Secreto, de Johanna Basford – Fnac

O mais vendido dos livros de colorir, Jardim Secreto convida o leitor a pintar mais de 90 páginas de lindas ilustrações e ao mesmo tempo encontrar tesouros escondidos nas páginas do livro.

2// Jardim Encantado, de Sophie Leblanc – Livraria da Folha

Jardim Encantado é um volume da série Arte Terapia composto por mais de 120 páginas de ilustrações convidativas para você soltar a imaginação e reinventá-las conforme sua criatividade.

3// Mindfulness, de Emma Farrarons – Cia dos Livros

Mindfulness traz padrões e cenas belíssimas em 112 páginas e promete reduzir o estresse enquanto o leitor preenche as páginas com cores.

4// Mil e Uma Noites, de Sophie Leblanc – Livraria da Folha

Mais um volume da série Arte Terapia, o Mil e Uma Noites revela páginas repletas de riqueza e diversidade das culturas árabe, mourisca, persa e indiana. Solte a imaginação colorindo curvas, arabescos, motivos geométricos, figurativos e florais em uma jornada rumo a um agradável momento de descanso mental.

5// Floresta Encantada, de Johanna Basford – Fnac

Semelhante ao Jardim Secreto, o Floresta Encantada também guarda um segredo que o leitor desvenda ao colorir os desenhos de flores, casas na árvore, animais e objetos mágicos ao longo das 84 páginas.

6// Fantasia Celta, de Michel Solliec – Amazon

Em mais de 120 páginas, o Fantasia Celta promete aliviar o estresse do dia a dia ao convidar o leitor a colorir intrincados labirintos e curiosas figuras inspiradas no universo celta.

Para começar de vez a se aventurar pelos livros de colorir, basta ter uma quantidade razoável de lápis de cor. Só isso. Mas se você quiser conhecer outras possibilidades, nós listamos alguns materiais que podem deixar o resultado do seu trabalho mais interessante. São materiais básicos e alguns um pouco mais sofisticados para todos os gostos e bolsos.

Materiais para livros de colorir

 

 1// Lápis de Cor

O material essencial para quem quer começar a desestressar com os livros de colorir é o lápis de cor. Pegue os lápis de cor do seu irmão, vasculhe as gavetas e tire a poeira do seu estojo escolar e mãos à obra! Mas caso você precise comprar, eu recomendo os lápis de cor da Maped e os da linha escolar da Faber-Castell, que são baratos e têm ótima pigmentação. Se preferir gastar um pouco a mais, aconselho, então, os lápis da Caran d’Ache, os da Prismacolor ou a linha profissional da Faber-Castell, o Polychromos. No entanto, caso você tenha lápis de cor aquarelável, eu recomendo que use normalmente, sem acrescentar água como solvente, porque o papel desse tipo de livro não aguenta a carga e pode enrugar. Por fim, para ter uma paleta de cores ampla e aumentar as possibilidades, eu aconselho um estojo de 24 ou 48 cores de qualquer uma das marcas.

2// Canetas Gel com Glíter

Para dar aquele glamour ao seu trabalho, as canetas gel com glíter são uma ótima pedida. Elas podem ser usadas para aprimorar os detalhes e deixar a pintura mais personalizada. Esse tipo de caneta é facilmente encontrada em feiras e camelôs.

3// Giz Pastel Seco

Giz pastel seco são ótimos para preencher grandes áreas de maneira homogênea. Com a textura de um giz de quadro negro, eles devem ser esfregados com ajuda de um algodão ou papel higiênico na folha, o resultado fica incrível. Nós selecionamos os gizes da marca Faber-Castell e Pentel porque são baratos e o resultado não fica aquém de outras marcas.

4// Esfuminho

Esfuminho é um rolo de papel comprimido que serve, justamente, para esfregar carga ao papel. Ele é ótimo para homogeneizar a pintura com lápis de cor (normal ou aquarelável) e o resultado é perceptível na hora. Eles são facilmente encontrados em papelarias e são baratos. Recomendo.

5// Giz de Cera

Giz de cera são bons para preencher grandes áreas de pintura e para dar alguns efeitos diferentes no trabalho (raspando a carga da folha, por exemplo), mas nunca escolheria giz de cera em detrimento de lápis de cor. Ele perde a ponta facilmente por causa do atrito com a folha, o que acaba o deixando inviável para certos detalhes. De qualquer forma, selecionei duas marcas baratas e de fácil acesso, Faber-Castell e Acrilex.

6// Canetas Hidrocor

São ótimas para preencher pequenas áreas sem muito esforço e com alta saturação. No entanto, é preciso tomar cuidado com a marca escolhida, porque a tinta pode vazar para o outro lado da folha e manchar o seu livro. Para não correr esse risco, selecionei as canetas hidrocor da Faber-Castell e da Stabilo que são seguras!

7// Burnisher & Blender

Burnisher & Blender são dois tipos de lápis da Derwent que servem para misturar cores e homogeneizar a pintura com lápis de cor. No entanto, caso você tenha um lápis de cor branco não-aquarelável, consegue-se chegar a um resultado semelhante, mas inferior, usando-o por cima da pintura que deseja uniformizar. Dependendo da marca do seu lápis de cor branco, pode ficar com um pouco de carga branca sobre a pintura.

Contudo, essa lista de materiais é só uma recomendação e coletânea de possibilidade para dar vida ao seu livro. Não exclui, por exemplo, que você use tintas diversas, maquiagem, lenço umedecido ou o que sua imaginação mandar! O que importa é que você se divirta, tire um tempo para voltar a ser criança, sem cobranças e preocupações. Esse é o exercício proposto!

Minha saga

Desde que vi a primeira reportagem sobre livros de colorir e quis ter o meu. No entanto, em todos as lojas online e físicas o livro estava esgotado. Depois de dias à procura, eu finalmente consegui comprar um exemplar do livro do momento. Não foi o Jardim Secreto como eu esperava, mas o Floresta Encantada, que comprei em uma promoção na Livraria Leitura. Eu e a Mariana decidimos pintá-lo em conjunto enquanto ensinamos técnicas de pintura com lápis de cor e alguns macetes (no entanto, se você não quiser esperar, clique em 7 dicas imperdíveis para colorir com lápis de cor). O nosso exemplar está aqui, branquinho, nos chamando para iniciá-lo.

O que vocês acham do projeto? Acho que vai ser bem legal.

Até mais!

Facebook  |  Twitter  |  Instagram da Mariana  |  Instagram da Nayara  |  DeviantArt  | Bloglovin’

Leia mais sobre livros de colorir
Gostou? compartilhe
postado por
Nayara
Futura escritora e a mais velha das gêmeas. Gosto de desenvolver projetos e compartilhar o processo criativo nesse cantinho que tanto amo. Afinal, melhor do que criar é mostrar que é possível fazer as coisas você mesmo.
  1. Livia Lima 21/04/2015

    eu acho a coisa mais linda esses livros! ainda vou comprar um pra pintar quando estiver estressada 🙂
    beijo
    aveclili.blogspot.com.br

    • Nayara Brito respondeu Livia Lima 21/04/2015

      Ah, acho que é uma boa pedida pra aliviar o estresse do dia a dia. Não vejo a hora de experimentar o meu e contar aqui no Gema o que achei!
      Beijos!!

  2. Alex Ibide 22/04/2015

    Já tinha respondido minha duvida pelo insta, mas agora ficou mais completa!
    Esperando meu Jardim Secreto chegar e compartilhar aqui tudo com vcs!
    Obrigado 😉

    • Nayara Brito respondeu Alex Ibide 24/04/2015

      Quero saber o que você achou do livro!

      Ah, qual era a sua dúvida? *curiosa*

      • Mariana Brito respondeu Nayara Brito 24/04/2015

        Eu respondi pelo Insta, Nay!