Viagem
Conhecendo o Chile de norte a sul
Fotografia
6 on 6: abril de 2017
Fotografia
6 on 6: agosto de 2017
Dicas
Siga a Minka Winka nas redes sociais
Ilustração
Usando bico de pena pela primeira vez

materiais artísticos

Continue Lendo

Olá, pessoal. Como vocês estão?

Ultimamente, muitas pessoas têm me perguntado quais os materiais básicos para desenho. Para ser bem sincera, um lápis, uma borracha e um papel já são mais que suficientes para você começar a sua aventura como desenhista . Caso você queira começar a treinar arte-final também, uma boa caneta nanquim e uma caixa de lápis de cor completam o kit de materiais essenciais.

Tenho experiência com diversas marcas de materiais artísticos e, por isso, decidi fazer esse post mostrando as minhas sugestões de produtos bons, baratos e que podem ser facilmente comprados em lojas online.

Querem ver?

1// Caneta nanquim Uni-pin: ótima escolha para contornar seus desenhos e deixá-los com uma cara mais profissional. A melhor ponta é, com certeza, a 0.1, pois é fina o suficiente para fazer detalhes com precisão.

2// Caneta nanquim Sakura: a Sakura e a Uni-pin ficam empatadas na minha escolha de melhor caneta para contornar. Optem pela mais barata, já que as duas possuem qualidades parecidas.

3// Chamequinho: o melhor papel para desenhar é o sulfite A4. Ele é barato, fácil de encontrar e serve bem como suporte para desenhos.

4// Canson 180g/m²: depois de praticar em folhas de papel sulfite, arte-finalize em papel Canson liso 180g/m² ou equivalente. É o material mais acessível para conservar seus desenhos e mantê-los por anos com a mesma qualidade de quando você os fez.

5// Borracha: recomendo borrachas brancas da Faber-Castell, pois não esfarelam, não mancham e apagam bem; além, é claro, de serem baratas e fáceis de encontrar.

6// Lapiseira: aconselho usarem lapiseiras para desenhar, porque a ponta é fina e permite desenhar detalhes com facilidade. Além de uma lapiseira 0.5 ou 0.7, recomendo usar grafite 2b ou b, porque são macios para riscar e fáceis de apagar, evitando que se faça muito esforço com as mãos e com os braços.

7// Lápis de cor 50 cores: o lápis de cor com melhor custo-benefício hoje em dia é a caixa supersoft da Faber-Castell. Os lápis são macios e bem pigmentados, o que permite que se pinte áreas grandes de forma rápida e eficaz.

Esse é o kit básico para qualquer desenhista iniciante começar o seu ofício. E por que não aproveitar a quarentena para colocar a mão na massa?

Me digam, já experimentaram algum desses materiais? Me contem o que acharam nos comentários!

Até mais!

Gostou? compartilhe
postado por
Nayara
Futura escritora e a mais velha das gêmeas. Gosto de desenvolver projetos e compartilhar o processo criativo nesse cantinho que tanto amo. Afinal, melhor do que criar é mostrar que é possível fazer as coisas você mesmo.
Continue Lendo

Olá, pessoal! Como vocês estão?

Vocês acreditam que o último Coisas Aleatórias foi escrito em janeiro? Esse longo intervalo se deu, porque estivemos estudando desde fevereiro e tivemos pouco tempo para manter as coisas atualizadas aqui no blog. Agora que tiramos férias dos estudos, podemos contar para vocês os últimos acontecimentos.

 Materiais artísticos

Vocês se lembram dos materiais artísticos que comprei? Eles chegaram após 12 dias de uma longa viagem dos Estados Unidos para Brasília. Já testei cada um deles e gostei bastante do desempenho. Achei a caneta nanquim da Deleter realmente bem escura, e a Pilot 0.25 bem gostosinha de usar, além de ser fina e ideal para detalhes. No entanto, acredito que teria sido melhor se eu tivesse comprado uma caneta-tinteiro mais fina, porque a 0.3 é grossa demais em relação à folha A4, que é a que eu geralmente uso para ilustrar. Em relação aos bicos de pena, ainda não tenho muito o que dizer sobre eles, porque fiz somente alguns riscos para saber se estavam funcionando, mas acredito que logo logo terei muito o que contar para vocês.

Enquanto esperava a encomenda chegar, fiz alguns rascunhos num bloco de papel Aquarelle, da Canson. A intenção era testar a gramatura desse bloco e saber se é adequada para arte-final com os materiais novos. Ainda não tive tempo de usar os materiais nele, mas já deixo para vocês uma amostra das ilustrações que estão por vir. Quem acompanha o meu Instagram (@nay_gemadeovo) já deve ter visto um videozinho do processo de ilustração da menina da foto acima.

Viagem para o Chile

O principal motivo por não ter conseguido testar os materiais novos é porque eu e a Mariana vamos viajar neste fim de ano! A ideia veio da nossa irmã mais velha, que escolheu o destino, programou os passeios e organizou todo o itinerário. A princípio, toda viagem seria uma surpresa, tanto o dia, quanto o destino, e eu e a Mariana só descobriríamos tudo quando chegássemos ao aeroporto. É lógico que não deu certo! A Mariana acabou descobrindo, porque ela viu um post que nossa irmã compartilhou no Facebook sobre os melhores passeios para se fazer no Chile.

Adoramos a escolha do lugar e estamos entusiasmadíssimas para embarcar logo. Quero muito conhecer as vinícolas chilenas, o deserto do Atacama, o prédio mais alto da América Latina, que é o Shopping Costanera, em Santigo. Lá, eu quero visitar a Todomoda, que é uma das minhas lojas favoritas, e apreciar seus produtos maravilhosos! Deem uma olhada no site e me digam se não são os produtinhos mais lindos do mundo!

Intervenção Artística

Fiz essa intervenção artística na época em que estávamos trocando de layout. Queríamos usar essa imagem como foto das autoras e fazer o layout totalmente baseado nela, mas acabou que a nova identidade visual do blog tomou outro rumo e já não fazia mais sentido usá-la. No entanto, para não ficar com esse trabalho empoeirando no computador, decidi postar para vocês.

Eu achei a ideia bem divertida. O que vocês acharam?

E esse foi mais um Coisas Aleatórias. Como eu e a Mariana embarcamos hoje para a nossa viagem, já quero desejar a todos um Feliz Natal e um 2018 maravilhoso.

Espero que tenham gostado do post de hoje e até janeiro!

Gostou? compartilhe
postado por
Nayara
Futura escritora e a mais velha das gêmeas. Gosto de desenvolver projetos e compartilhar o processo criativo nesse cantinho que tanto amo. Afinal, melhor do que criar é mostrar que é possível fazer as coisas você mesmo.
Continue Lendo
Oi, pessoal. Como vocês estão? Depois de tanto tempo só fazendo ilustrações digitais, me bateu uma tremenda vontade de voltar para o tradicional — usar lápis, papel, borracha, aquarela e lápis de cor. No entanto, fui testar meus materiais antigos e descobri que muitos deles estavam estragados: as canetas nanquim estavam ressecadas e já não estavam funcionando mais. Por causa disso, resolvi repor minhas canetas e comprar...