Viagem
Conhecendo o Chile de norte a sul
Fotografia
6 on 6: abril de 2017
Fotografia
6 on 6: agosto de 2017
Dicas
Siga a Minka Winka nas redes sociais
Ilustração
Usando bico de pena pela primeira vez

Santiago

Continue Lendo

Olá, pessoal. Como vocês estão?

Depois de estudar tanto para concursos, o nosso corpo e mente já estavam pedindo por sossego! E não é que ganhamos o melhor presente de todos? Nossa mãe e irmã mais velha nos presentearam com uma viagem para o Chile. No início, ficou combinado que saberíamos o destino da viagem somente no aeroporto (Já pensou que demais?), mas nossa irmã acabou revelando, sem querer, o país escolhido. Uma das coisas mais legais do Chile é que em um país tão pequeno, você pode experimentar os mais diversos ambientes, como: deserto, montanha, praia, neve, e por aí vai. Nós vimos tudo isso de perto e registramos tudinho para mostrar para vocês. Preparados para uma enxurrada de fotos?

Nossa viagem teve início em Santiago. Conhecemos a capital, visitamos as cidades de Viña del Mar e Valparaíso, Cajón del Maipo, além de termos experimentado o melhor caldo de beterraba da vida! Ficamos pouco mais de 2 dias e já embarcamos para o próximo destino: San Pedro de Atacama. Um fato que merece ser mencionado é que só começa a escurecer em Santiago, no verão, às 21h30. Antes disso, é um sol de rachar!

A segunda etapa da viagem foi em San Pedro de Atacama, no deserto mais seco do mundo! Fizemos os mais memoráveis passeios: começamos com um tour astronômico, em que aprendemos a identificar constelações, satélites e astros a olho nu, e vimos, através de um telescópio, a nebulosa do Cinturão de Órion e alguns corpos celestes; depois, fomos para o Valle de la Luna, onde pudemos conhecer o deserto, a sua secura, o seu calor e as suas vistas mais incríveis; no terceiro dia no Atacama, visitamos a região dos lagos, em que vimos os mais lindos flamingos, as Lagunas altiplânicas e os vulcões Miñiques e Miscanti; e por fim, a uma temperatura de -5°C e a mais de 4.000 metros de altitude, visitamos os gêiseres El Tatio. Depois dessa aventura no deserto, nos dirigimos para a última parte da viagem: a Patagônia Chilena.

Depois de 14 horas de ônibus, chegamos à cidade de Puerto Varas, ao sul do Chile. Ficamos em um apartamento fofo e super confortável do Airbnb em uma rua bem perto do centro. Nessa parte da viagem, já estávamos bem cansadas, por isso, prezamos pelo conforto e pelo sossego. Fechamos um pacote para dois passeios na região, entre eles, subir no topo de um vulcão. O primeiro passeio foi o que mais gostei da viagem inteira: subir o vulcão Osorno até uma estação de ski, pegar o teleférico e ver a neve! Não estávamos preparadas para tanto frio e emoção! Além disso, ainda visitamos a região dos lagos e andamos de barco. Por fim, no último dia na Patagônia chilena, visitamos as cidades de Frutillar e Puerto Octay e ainda conhecemos algumas fontes termais.

Bora ver tudo isso?

 

Tá cedo pra já querer voltar? Essa viagem foi inesquecível, não só pelos passeios que realizamos, mas pelas pessoas que estavam com a gente! Mainha e maninha, bora combinar outra viagem? Só essa foi pouco!

E para quem tem vontade de conhecer o Chile, recomendamos bastante a viagem. Há passeios e cidades para todos os gostos: para quem gosta de praia, para quem curte escalada, quem gosta de trilha, para quem ama clima montanhoso e por aí vai. O Chile é um país pequeno, mas que tem muito a oferecer.

É isso, pessoal. Espero que tenham gostado do post! Acessem a tag Viagem para conhecer mais alguns destinos incríveis. Até mais!

Gostou? compartilhe
postado por
Mariana
Gêmea mais nova e fissurada por jogos de tabuleiro. Amante das artes e fascinada por fazer as coisas com as próprias mãos. Se não consegue encontrar na loja o que deseja, vai lá e faz.