Viagem
Conhecendo o Chile de norte a sul
Fotografia
6 on 6: abril de 2017
Fotografia
6 on 6: agosto de 2017
Dicas
Siga a Minka Winka nas redes sociais
Ilustração
Usando bico de pena pela primeira vez

Superstições

Continue Lendo

Com essa onda mística tomando conta das redes sociais, enchendo os feeds de imagens relacionadas a esoterismo, bruxaria e esoterismo, me peguei pensando em como o Brasil é um país supersticioso. É difícil encontrar alguém que não seja. Vocês acreditam em superstições? Se sim, vocês não estão sozinhos! Descobri que o Brasil é um dos países mais supersticiosos do mundo, muito devido ao fato de ter sido colonizado com uma forte tradição católica, da qual surgiu grande parte das superstições. Segundo o site Brasil Escola, toda superstição é uma crença baseada que certas atitudes, números, palavras, cores, objetos, podem trazer azar ou sorte. Basicamente é acreditar que algo pode trazer fortuna ou infortúnio, o que não impede que cada um possa ter as suas próprias superstições, com o seu sistema de crenças individual. Além disso, segundo o site Sua Pesquisa, as superstições também podem ser crenças populares passadas de geração para geração, as quais, muitas vezes, não possuem uma explicação científica. Abaixo mostramos algumas das principais superstições envolvendo cores, números e objetos no Brasil.

As superstições envolvendo cores

Fonte: Divulgação

No Brasil, vestir branco no reveillon é uma forma de desejar um próximo ano melhor, como uma página em branco pronta para ser preenchida de pequenas felicidades. Que tal fazer os seus próximos 365 dias cheios de inspiração e de motivação? Além disso, há quem diga que usar preto em algumas ocasiões pode ser uma forma de bloquear as boas energias e, dessa forma, abrir espaço para que mais desventuras aconteçam em nosso dia a dia. Já o amarelo simboliza otimismo e animação; o azul, saúde; o verde, estabilidade, esperança, confiança e segurança; o rosa e o vermelho representam o amor e a paixão. O laranja é ideal para quem quer ter mais coragem; o roxo, para quem quer quer desenvolver a espiritualidade e melhorar a intuição. Já o marrom indica mais maturidade; e o cinza, modernidade.

As superstições envolvendo números

Fonte: Portal Tucumã

Existem várias crendices envolvendo números, principalmente o 13. Para o ex-técnico brasileiro Zagallo, esse é um número de sorte. Já para a grande maioria das culturas, é um número a ser temido, tanto que virou até fobia, com o nome de triscaidecafobia. Segundo o site Mega Curioso, o medo em relação a esse número vem de estórias e contos que relacionam maleficências ao número 13, como a crença de que, em uma mesa com 13 pessoas, o primeiro a se levantar está destinado a morrer. Por outro lado, de acordo com o site Personare, o 13 representa a necessidade de mudanças e de reestruturação na vida. Um ponto de vista bastante diferente do que estamos acostumados, não é?

Segundo o site Betway Casino, há outras superstições envolvendo números, como a convicção de que coisas ruins acontecem em 3 etapas ou de que o número 23 persegue algumas pessoas. Eu, particularmente, sou assombrada pelo número 11:11. Não importa o dia, sempre que eu olho o relógio, ele está marcando 11:11. Com alguém mais acontece isso?

Caso estejam curiosos para saber mais, vejam a simbologia por de trás de 31 números no site Superinteressante.

As superstições envolvendo objetos

Fonte: Plaza Hotéis

No Brasil, derrubar colher no chão significa a visita de um homem e derrubar garfo no chão significa a visita de uma mulher. Quebrar um espelho traz 7 anos de azar, assim como passar por baixo de uma escada ou cruzar o caminho de um gato preto. A fita de Nossa Senhora do Bonfim, de Salvador, traz sorte, bem como um trevo de quatro folhas, uma ferradura ou uma figa.

Segundo o site Homify, ter objetos quebrados e velharias pode atrair mais azar para o lar. Por isso, aqueles mais crentes garantem que uma boa limpeza física e espiritual transforma a energia de qualquer ambiente.

O que vocês acharam de cada uma dessas superstições envolvendo cores, números e objetos? Quais são as suas superstições pessoais envolvendo esses assuntos? Não deixe de comentar com sua opinião e também compartilhar este conteúdo nas suas redes socais! Se você não comentar e não compartilhar este artigo pode esperar muito azar!

Acompanhe nosso blog para mais dicas!

Gostou? compartilhe
postado por
Nayara
Futura escritora e a mais velha das gêmeas. Gosto de desenvolver projetos e compartilhar o processo criativo nesse cantinho que tanto amo. Afinal, melhor do que criar é mostrar que é possível fazer as coisas você mesmo.